Em 1095, no concílio de Clermont, o papa Urbano II lançou o apelo para a conquista da Terra Santa pelos cristãos. No mesmo ano, noutra região da Cristandade, era constituído o Condado Portucalense, embrião do que viria a ser, décadas depois, o reino de Portugal, construído através da guerra contra o Islão. No processo de conquista de cidades aos muçulmanos, nos séculos XII e XIII, os reis portugueses foram apoiados por várias armadas de cruzados que iam para a Palestina. Vejamos como estes dois fenómenos, a Cruzada e a Reconquista, se articularam através do estudo de um acontecimento, o cerco e conquista de Lisboa, em 1147.