Entre os séculos VIII e X a população da Europa ocidental confrontou-se com novas vagas de invasões. Povos armados vindos do Norte, de Leste e do Sul espalharam o medo e a insegurança, assaltaram as cidades e pilharam as suas riquezas. Sentindo-se ameaçadas, as pessoas refugiaram-se nos campos e procuraram a protecção de grandes senhores, levando à ruralização da economia e a relações de dependência.