Na época medieval a sociedade era constituída por três estados: clero, nobreza e povo. Era uma sociedade trinitária e hierarquizada, na qual cada grupo desempenhava funções específicas. Além disso, os dois primeiros eram grupos privilegiados enquanto o último não possuía quaisquer privilégios. As condições de vida das pessoas que faziam parte de cada grupo seriam, assim, muito diferentes e fortemente contrastantes.